Rafaella fevereiro 26, 2020 Nenhum comentário

CEMAC-CRECI/PI auxilia sociedade na resolução de conflitos no primeiro ano de fundação

O Centro de Mediação, Arbitragem e Conciliação (CEMAC) inaugurado pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI) há um ano tem sido uma importante ferramenta para atender as necessidades da população que busca rapidez e sigilo no auxílio para a resolução de conflitos. Vinculado ao Cadastro Estadual de Câmaras Privadas de Conciliação e Mediação do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), o centro disponibiliza para a sociedade um local com profissionais aptos para conduzir todos os procedimentos para que os lados envolvidos cheguem a um acordo benéfico para todos.

No primeiro ano de atuação, dos 100% de procedimentos realizados no CEMAC com a presença de ambos interessados obteve 60% de acordos. Importante ressaltar que os solicitantes frente a todos os procedimentos registrados pelo CEMAC-CRECI/PI, 48,27% são de pessoas físicas e 51,73% de pessoas jurídicas.

A gestora do CEMAC-CRECI/PI, Neilan Argento, destaca a importância da ferramenta para a sociedade que busca uma resolutividade para a mediação de conflitos. Ela também pontua que este primeiro ano foi bastante produtivo e que as pessoas estão tomando conhecimento da ferramenta de forma gradativa.

“O CEMAC antes de qualquer coisa tem a sua função social e funciona com o propósito de fornecer acesso à justiça para a sociedade. É um serviço que a população pode utilizar por meio da condução de procedimentos de mediação, conciliação e mesmo da arbitragem, assim possibilitando uma melhor maneira para resolver os seus próprios conflitos. O Centro por ser um núcleo de mediação é o local especifico para que essas pessoas possam procurar a ajuda de profissionais imparciais que estarão aptos para realizar a condução do procedimento”, disse.

Para o ano de 2020, o Centro atuará no desenvolvimento de projetos para que a sociedade possa ter conhecimento mais rápido da importância do trabalha e dos serviços oferecidos, tornando-o mais acessível para a sociedade. “A mediação é um método ainda recente para a realidade do nosso Estado e é um processo gradativo para que cada vez mais as pessoas tomem conhecimento da mediação”, pontou a gestora do CEMAC-CRECI/PI, Neilan Argento. 

O presidente do CRECI-PI, Nogueira Neto, afirma que o CEMAC é o reflexo do compromisso que o conselho possui não somente com os profissionais corretores de imóveis, mas também com toda a sociedade piauiense. “O CEMAC é uma ferramenta de extrema importância para a resolução dos conflitos possibilitando a sua resolução de uma forma mais célere e menos onerosa para a sociedade. O Centro ainda oferece a oportunidade dpopulação também participar de cursos de treinamentos que são realizados na sede do próprio CRECI-PI”, afirmou Nogueira Neto.   

Rafaella fevereiro 21, 2020 Nenhum comentário

Queda nas taxas de juros e novas formas de financiamento animam mercado imobiliário em 2020 

O ano de 2020 se apresenta como bastante promissor para o mercado imobiliário brasileiro. A expectativa se deve a fatores como melhores condições de financiamentos, queda nas taxas de juros e maiores garantias jurídicas. A queda na Selic e aumento da confiança do consumidor são outros importantes pontos que devem impactar de forma positiva no mercado imobiliário.  

Essa semana, a Caixa Econômica Federal, por exemplo, lançou um novo crédito imobiliário com taxas prefixadas. A medida abrange imóveis usados e novos que podem atingir cotas de financiamento de até 80%. A linha de crédito irá iniciar com juros de 8%/ano e já está disponível para quem deseja garantir a compra da casa própria por meio de financiamento.

Segundo o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI), Nogueira Neto, o setor imobiliário apresenta boas perspectivas de crescimento para os próximos anos. “O setor nos últimos anos passou por um período bastante complicado. Porém, de forma gradativa estamos recuperando a capacidade de negociação, isso graças a queda nas taxas de juros e novas formas de financiamento. Essa nova linha de crédito vai permitir que as pessoas possam saber no momento da contratação o valor total que será pago no financiamento do imóvel, o que por consequência trará mais segurança para o cliente”, afirmou Nogueira Neto, presidente do CRECI-PI.     

O novo crédito imobiliário com taxas prefixadas permite que os clientes possam escolher entre o Sistema de Amortização Constante (SAC) com contratos de até 360 meses, e o Sistema Francês de Amortização (PRICE) para financiamentos em até 240 meses.

De acordo com pesquisa realizada pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), no último trimestre de 2019 o mercado imobiliário apresentou aumento nas vendas de 16%, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Assim, para 2020, o setor segue bastante otimista para que seja realizado a construção de novos empreendimentos e concretizados importantes negócios.   

Rafaella fevereiro 21, 2020 Nenhum comentário

Comunicado Funcionamento

O CRECI-PI comunica que, em virtude do período carnavalesco, a autarquia funciona nesta sexta-feira (21), até às 18 horas. Entre os dias 24 e 26 de fevereiro, o Conselho não terá expediente. Assim, as atividades retornam normalmente na quinta-feira (27). 

Rafaella fevereiro 13, 2020 Nenhum comentário

Mercado Imobiliário apresenta boas perspectivas e novas tendências para 2020

Após enfrentar anos de crise, o mercado imobiliário começa a demonstrar gradativamente sinais de recuperação. Assim, existe uma grande expectativa de bons negócios para os próximos cinco anos, nos quais os investimentos em imóveis devem se tornar mais rentáveis graças a queda nas taxas de juros, maiores garantias jurídicas e melhores condições de financiamentos. Somado a isso, temos ainda as novas tendências de mercado que devem atrair à atenção dos consumidores.

A casa própria é sonho de grande parcela dos brasileiros e o mercado deve seguir novas tendências em 2020. Entre as quais podemos destacar: a valorização de imóveis, aumento de vendas online e uso de inovações tecnológicas, tendo em vista que o uso da tecnologia está cada vez mais presente para auxiliar os profissionais e consumidores nas transações imobiliárias.

O aumento de investimento em tipos de financiamentos imobiliários, variedade de ofertas de crédito, sustentabilidade e uso racional de recursos são outras importantes tendências do setor ao longo do ano.

Para o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI), Nogueira Neto, os próximos anos se apresentam como animadores para o setor imobiliário. “Estamos passando por um importante período de recuperação graças à redução das taxas de juros e novas modalidades de financiamento que devem atrair a atenção dos consumidores. Com isso, a perspectiva é que em 2020 possamos ter um ano mais próspero para o mercado. Outro ponto importante é que a economia também vem passando por uma retomada e isso deve contribuir para a diminuição do desemprego e fornecer condições para que as pessoas possam ter mais possibilidades de comprar imóveis por meio de financiamento, uma vez que atenderá à capacidade financeira das famílias”, declarou Nogueira Neto, presidente do CRECI-PI.

Dados apresentados pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), por exemplo, apontam que as vendas do setor imobiliário no último trimestre de 2019 registraram um crescimento de 16%, em relação ao mesmo período de 2018.

Em 2020, o mercado imobiliário se mostra mais otimista com a injeção de crédito imobiliário por meio do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), estabilidade dos custos da construção, aumento no lançamento de novos empreendimentos e crescimento gradativo de vendas.

Rafaella fevereiro 11, 2020 Nenhum comentário

CRECI-PI e Banco do Nordeste alinham parceria que oportunizará negócios aos corretores de imóveis  

 

Na manhã desta terça-feira (11), a diretoria do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI) se reuniu com representantes do Bando do Nordeste (BNB) para alinhar parceria que deve oportunizar novas vendas e negócios aos corretores de imóveis e imobiliárias.

O Banco do Nordeste busca o apoio do CRECI-PI para aproximar os corretores de imóveis de clientes que têm interesse em vender ativos para, desta forma, regularizar sua situação junto à instituição financeira.

Segundo o presidente do CRECI-PI, Nogueira Neto, a entidade está à disposição para formalizar um contrato de convênio que pode beneficiar a todos. “A parceria do CRECI-PI com o Banco do Nordeste é de grande relevância, uma vez que, vai criar muitas oportunidades de vendas aos corretores e ainda proporcionar a quitação das dívidas destes clientes junto ao banco. É uma carteira de cerca de R$600 milhões que estará disponível para a categoria realizar bons negócios”, afirma.

O gerente de reestruturação de ativos do BNB, Francisco das Chagas Araújo Silva, explica que a ideia é organizar uma ação que possa produzir bons resultados para todas as partes envolvidas. “Esta parceria é muito importante e a partir do envolvimento do CRECI-PI nós teremos a organização desta ação. No primeiro momento, vamos avaliar um modelo de convênio que o CRECI-PI já possui com a Caixa Econômica e ver se o teor deste acordo serve ao nosso propósito. A partir daí daremos andamento aos próximos passos. Acredito que este convênio trará grandes benefícios para todos”, pontua.