IMG_5021.1
Rafaella junho 19, 2018 Nenhum Comentário

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí – CRECI-PI reuniu, nesta segunda-feira, dia 18, seus integrantes para discutir sobre o Plano Diretor de Teresina, que terá impacto direto no setor imobiliário na região central da cidade.

Um dos pontos mais discutidos foi a do IPTU Progressivo, que prevê aumento progressivo da alíquota, caso o proprietário não lhe dê utilização conforme Plano Diretor. O presidente do Conselho, Nogueira Neto, em sua apresentação esboçou seu posicionamento, ressaltando a audiência pública no próximo dia 28 que debaterá o assunto. “Essa medida deixa o mercado imobiliário engessado, totalmente amarrado, já que os proprietários, de certa foram não terão autonomia”, ressalta o presidente.

IMG_5011.1

Diversos impostos são pagos ao adquirir um imóvel ou seu terreno e as construções também são de altos custos. A Outorga Onerosa é uma autorização e inclui mais uma taxas a ser cobrada pelo executivo municipal. Nela está estabelecido que um proprietário só poderá edificar seu imóvel mediante.

“Somente mediante contrapartida financeira um proprietário poderá edificar seu imóvel, ou seja, é um absurdo ter que pagar por espaço aéreo. Devemos alinhar a categoria após todas discussões e nos fazermos presentes no dia da audiência pública para que possamos no inteirar das ideias da prefeitura e poder emitir nossa opinião, que é a favor da categoria e da sociedade”, destaca Nogueira Neto.

A categoria de corretores de imóveis deve se reunir em outras datas até o dia 28 para definir um posicionamento a ser apresentado na audiência pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *