Rafaella abril 17, 2018 Nenhum Comentário

CRECI-PI abre I Workshop de Direito Imobiliário da OAB-PI

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI/PI), Nogueira Neto, foi um dos convidados do Painel “Breve Retrospectiva do Mercado Imobiliário em Teresina-PI”, realizado durante a abertura do I Workshop de Direito Imobiliário, esta semana. O evento é uma realização da Comissão de Direito Imobiliário (CDI) da Ordem dos Advogados Seccional Piauí (OAB-PI).

Durante o encontro, o presidente falou sobre o trabalho que o Conselho vem desempenhando para proporcionar melhores de condições de trabalho à categoria e destacou as principais fases do mercado imobiliário nas últimas décadas. “Nosso mercado deverá melhorar ainda mais ainda em 2018. Acho que esse é um momento muito bom. Já temos um sinal de crescimento porque muitos índices da economia já estão estabilizados”, explica.

O presidente da OAB-PI, Chico Lucas, o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) de Teresina, André Baía e o presidente da Comissão de Direito Imobiliário da OAB/PI, David Oliveira Júnior também participaram do painel.

De acordo com o presidente da OAB-PI, Chico Lucas, um dos objetivos do workshop é apresentar os caminhos que devem ser seguidos para que o mercado imobiliário fique cada vez mais fortalecido. “Vamos tentar criar soluções para que a gente retome a pujança no mercado imobiliário”, pontua.

5 4 1 2

Rafaella abril 10, 2018 Nenhum Comentário

Creci-PI e corretores de imóveis discutem atendimento em reunião com Eletrobras

Representantes do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (CRECI-PI) participaram de uma reunião na Eletrobras Piauí, com a presença do presidente Arquelau Amorim, para discutir sobre os atendimentos realizados na área imobiliária, articulada pelos corretores junto à companhia de energia.

De acordo com o presidente, Manoel Nogueira Neto, a reunião foi bem sucedida e a principal reivindicação foi acolhida pela empresa. “A principal reivindicação é o atendimento que a Eletrobras está disponibilizando ao setor imobiliário. Pedimos mais celeridade nesses atendimentos para resolver os problemas que são mais urgentes. Os corretores também pediram mais atendentes para uma maior agilidade nos processos. Achamos que a reunião foi satisfatória e sabemos que nossos pedidos serão atendidos, pois somos parceiros”, declarou o presidente.

O presidente da Eletrobras, Arquelau Amorim, destacou que a companhia entende os problemas passados pelos corretores e que uma comissão será criada para intermediar as reivindicações entre a empresa concessionária de energia e os profissionais que trabalham na área imobiliária. “Demos o primeiro passo. Saber quais são reivindicações da classe e tentar resolvê-la. Reforçamos que existe uma abertura muito grande da nossa empresa de acolher os nossos consumidores e arranjar uma solução para os problemas. Nessa reunião foi tomar conhecimento desses problemas e a criação de uma comissão que nós criamos pela Eletrobras e a Associação para que esses problemas sejam discutidos e encontradas as soluções. Já está marcado um novo encontro, na quinta-feira (12), onde os problemas serão levantados e asseguramos que eles problemas vão ser resolvidos”, explicou o presidente.

IMG_2489 IMG_2491

Rafaella abril 9, 2018 Nenhum Comentário

CRECI/PI participa do I workshop de Direito Imobiliário promovido pela OAB Piauí

Nos dias 16, 17 e 18 de abril, a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, sediará o I Workshop de Direito Imobiliário, que te como tema os “Aspectos Jurídicos no Mercado Imobiliário”. O evento é uma realização da Comissão de Direito Imobiliário da OAB-PI e contará com a participação do presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (CRECI-PI), que irá ministrar o painel “Breve retrospectiva do mercado imobiliário em Teresina”.

Na oportunidade, também serão abordados temas que dialogam sobre o Licenciamento de Obra, Responsabilidade Civil e Criminal dos Síndicos, Gestão Condominial, Era Digital e os Contratos Imobiliários e a importância do Advogado e do Corretor no Mercado Imobiliário.

Nogueira Neto destaca a participação do CRECI-PI no evento e reforça a importância da discussão sobre temas referentes ao mercado imobiliário direcionados aos profissionais da área.

“A nossa participação é importante no sentido de valorizar a instituição, além de proporcionar àqueles que atuam nessa área maiores conhecimentos em torno da atividade, auxiliando no processo de adequação de pontos jurídicos no trabalho, abordando questões em torno do tema principal, que traz os ‘Aspectos Jurídicos no Mercado Imobiliário’. Além disso, o painel ministrado por mim, vai mostrar um pouco da realidade imobiliária, trazendo uma retrospectiva de como esse mercado se desenvolveu e vem se destacando em Teresina”, afirma.

Quitinetes lideram preferência entre público jovem e movimentam o mercado imobiliário em Teresina

O mercado imobiliário vem passando por um processo de transformação. Algumas mudanças podem ser circunstanciais, outras, no entanto, parecem ser tendências, como é o caso dos investimentos em imóveis conhecidos como quitinetes, que é a preferência de estudantes e jovens solteiros, como opção de moradia.

De acordo com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI), esse é um dos setores que mais cresce em Teresina, formatando um público jovem cada vez maior no mercado imobiliário. Em geral, esse tipo de cliente valoriza bastante a localização do imóvel, procurando por regiões centrais ou de alta concentração de opções de entretenimento e de transporte público.

Dessa forma, o presidente do CRECI/PI, Nogueira Neto, explica que muitas pessoas optam em morar em um lugar menor, e além da localização, as condições de moradia são fatores que mais influenciam na hora da escolha. “Os jovens normalmente procuraram um bairro que ofereça uma infraestrutura boa, principalmente no que diz respeito ao transporte urbano coletivo. Além disso, o local deve oferecer em suas redondezas outros serviços básicos como hospitais, supermercados, panificadoras, igrejas, entre outros. Para quem escolhe por esse tipo de residência, a lei da praticidade é uma alternativa para fugir do trânsito complicado”, afirma.

O representante do Conselho ainda dá dicas para quem quer investir no setor e alerta que conhecer o mercado ainda é um dos pontos principais para se obter êxito no negócio. “Em geral, como as pessoas estão atrás de mais qualidade de vida, buscam por um bairro que seja valorizado ou que esteja em processo de valorização. Por isso, é importante conhecer o seu público em potencial para direcionar e oferecer as melhores condições”, diz Nogueira Neto.

O presidente também destaca que o fator preço influencia muito na hora da escolha, e que entre os imóveis mais procurados para aluguel estão os menos onerosos. “Dá para notar que os locatários estão a procura, cada vez mais, de opções que sejam realmente vantajosas para se mudar sem desequilibrar o orçamento, por isso o ramo das quitinetes vêm se destacando no mercado imobiliário da capital, uma vez, que grande parte do público que procura por esse tipo de moradia são jovens que se deslocam do interior para estudar ou trabalhar em Teresina”, conclui.