Rafaella dezembro 26, 2017 Nenhum Comentário

CRECI-PI informa sobre datas do recesso deste ano

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI) informa que entrará em recesso no dia 27 de dezembro e retomará suas atividades no dia 2 de janeiro de 2018.

Rafaella dezembro 21, 2017 Nenhum Comentário

Entidades conseguem reduzir proposta de aumento de impostos sobre taxas de cartório na ALEPI

Representantes do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI/PI), da Associação das Indústrias do Piauí (AIP), do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Teresina (Sinduscon), Ordem dos Advogados do Piauí (OAB/PI), Ministério Público, Associação dos Notários e Registradores do Piauí (ANOREG-PI) e demais entidades se reuniram na manhã desta quarta-feira (20) para discutir juntamente com o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho, o projeto de lei que dispõe sobre o aumento de 10% sobre os emolumentos cartoriais. De acordo com a proposta, o Ministério Público Estadual e a Defensoria Pública seriam beneficiados com 5% cada um. O deputado estadual Marden Menezes, relator do projeto, também participou do encontro.

As entidades entraram em um acordo e a proposta de aumento da taxa foi reduzida de 10% para 2,5%. O Procurador Geral de Justiça, Cleandro Moura, argumentou que o Ministério Público está sem recursos para a estrutura atual e futura do órgão, mas as entidades de classe concordaram com o presidente do CRECI/PI, Nogueira Neto, que argumentou que as taxas já estão elevadas e, ao acrescer mais uma, a sociedade fica prejudicada, sobretudo no que se refere à regularização fundiária.

“Esta reunião foi bastante positiva porque tivemos um ganho importante ao conseguir reduzir a proposta. A sociedade não suporta mais o aumento de tantas taxas. Teresina está lotada de imóveis irregulares porque está ficando cada vez mais caro arcar com estas despesas”, explica.

Rafaella dezembro 21, 2017 Nenhum Comentário

Jovens aquecem mercado imobiliário ao adquirirem seu primeiro imóvel

O mercado imobiliário vem atraindo nos últimos anos um perfil diferente de novos compradores. São jovens entre 20 e 30 anos, que adquiriram estabilidade financeira e profissional, recém-casados ou solteiros que desejam realizar o sonho da casa própria. Os imóveis mais procurados por esse público medem entre 40 a 80m², são compactos e apresentam facilidade e praticidade do dia a dia.

Segundo uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas a taxa de formação das famílias (2,21% a.a.) tem sido mais que o dobro da taxa populacional (1,03% a.a.), em consequência disso, se há novas famílias, há mais demanda para habitação. No Piauí, o setor imobiliário sentiu o crescimento na demanda da compra de imóveis por parte do público jovem.

De acordo com o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI/PI), Nogueira Neto, sempre existirá esse perfil de compradores por causa do crescimento vegetativo. Porém, as facilidades na hora da compra, a inserção no mercado de trabalho cada vez mais cedo e o planejamento em construir uma família são fatores que vem contribuindo para que os jovens adquiram seu primeiro imóvel com mais frequência.

“Os jovens que estão planejando casar, que começaram a trabalhar e conseguiram certa estabilidade, que estão querendo sua independência, estão em busca do primeiro imóvel. Esse público que tem crescido bastante no Piauí procuram lugares mais em conta, com um ou dois quartos, ou seja, menores e mais práticos”, explicou o presidente.

A contadora Tarjla Beleza, de 25 anos, se encaixa nesse perfil e conta que abriu uma poupança pensando em adquirir um carro, mas acabou mudando de ideia quando percebeu que teria mais vantagens se comprasse um imóvel. “Eu comecei a juntar dinheiro para comprar um carro, mas tenho uma prima que é corretora e ela me apresentou uma proposta de compra com facilidades. Além disso, o imóvel sempre se valoriza, enquanto o carro perde o seu valor muito rápido. Vi que tinha mais vantagens em comprar um apartamento, então aproveitei a oportunidade”, declarou.

A jovem viu também a oportunidade de independência e optou por um imóvel de 50m², bem localizado, com área de lazer e com segurança, já que pretende morar sozinha. “Eu pretendo morar sozinha, então preferi algo confortável, não muito grande, perto de várias coisas e que eu possa me sentir segura. Foi um investimento planejado e que vai me render bons frutos”, disse a contadora.

Rafaella dezembro 20, 2017 Nenhum Comentário

Uso do FGTS para pagar prestações atrasadas da casa é prorrogado

A medida que permite aos trabalhadores usarem o FGTS para pagar parcelas do financiamento do imóvel em atraso foi prorrogada, anunciou o Ministério do Trabalho. O prazo, que se encerraria sem dezembro de 2017, foi estendido para até 31 de dezembro de 2018 em reunião do Conselho Curador do FGTS nesta terça, em Brasília.

O objetivo da medida, segundo nota, é permitir que pessoas que atrasaram o pagamento de parcelas da casa própria consigam usar o Fundo de Garantia para regularizar a situação.

Pela regra, no entanto, não é possível usar o valor do FGTS para quitar toda a parcela. O Fundo de Garantia pode cobrir apenas 80% do valor da parcela. Se o trabalhador tem uma parcela em atraso no valor de 1 mil reais, por exemplo, poderá usar apenas 800 reais do FGTS. Os outros 200 reais precisará pagar usando outro tipo de recurso.

Além desse uso, por tempo limitado, o FGTS pode ser usado também em outras situações do financiamento habitacional, a qualquer momento. Além de utilizar o valor depositado no fundo para dar entrada no financiamento, durante todo o período da dívida o trabalhador também pode usar o dinheiro para pagar 80% do valor das parcelas em dia. Há também a possibilidade de, a qualquer momento, usar os recursos do fundo para abater do total da dívida ou até mesmo para quitar o pagamento.

Fonte: Exame

Rafaella dezembro 19, 2017 Nenhum Comentário

CRECI-PI entrega carteira profissional para novos corretores

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI) realizou a solenidade de entrega de carteiras para novos corretores de imóveis na última quinta-feira, dia 14, auditório do Conselho. A diretoria do CRECI-PI recepcionou os profissionais e ressaltou o trabalho que vem sendo realizado para intensificar a fiscalização e valorizar a profissão por meio da regularização da atividade.

O 1º secretário do Conselho, Rui de Sousa, falou sobre o Código de Ética da profissão e, em seguida, os profissionais fizeram o juramento. O presidente do CRECI, Nogueira Neto, destacou que esse momento simboliza uma nova etapa na vida desses profissionais que agora estão aptos a exercerem a profissão de corretor de imóveis.

“Trabalhamos na fiscalização como forma de valorizar os profissionais que estão no mercado de forma regular. O CRECI está à disposição dos corretores para qualquer dúvida, sugestão ou reclamação”, afirmou o presidente, Nogueira Neto.

IMG_0808 IMG_0811 IMG_0814 IMG_0818 IMG_0819 IMG_0821 IMG_0824 IMG_0826 IMG_0830 IMG_0833 IMG_0836 IMG_0843 IMG_0854 IMG_0804

Rafaella dezembro 18, 2017 Nenhum Comentário

NOTA DE PESAR

É com imensa tristeza que o Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI) manifesta pesar pelo falecimento do pai do delegado regional de Parnaíba, Neemias Bergamini. A entidade se solidariza junto à família e amigos neste momento de dor e saudades.

Rafaella dezembro 15, 2017 Nenhum Comentário

CRECI/PI firma convênio com faculdade e garante desconto para funcionários e associados

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI) fechou um convênio com a faculdade Estácio CEUT durante um encontro na última quinta-feira (14). Associados, dependentes e funcionários do Conselho terão desconto de 40% nos cursos de graduação e pós-graduação (presencial e distância) da instituição. O contrato foi assinado pelo presidente do CRECI-PI, Nogueira Neto, juntamente com membros da diretoria, e o consultor comercial da faculdade, João Paulo Borges.

Para ter acesso ao benefício, os interessados deverão apresentar a carteira do Conselho e está adimplente. Já os dependentes devem apresentar comprovação de vínculo. O ingresso dos alunos pode ser por meio da nota do Enem, prova agendada, portador de curso superior (em caso de uma segunda graduação) ou transferência.

De acordo com o presidente do CRECI-PI, Nogueira Neto, essa será uma oportunidade para os corretores e demais trabalhadores do Conselho se qualificarem e buscarem novos conhecimentos.

“Sabemos da importância de uma graduação ou de uma pós-graduação para qualquer pessoa que almeja um futuro profissional de sucesso. Esse convênio vai facilitar a entrada deles em uma faculdade que possui cursos excelentes na área imobiliária, enriquecendo ainda mais o seu currículo”, declarou o presidente.

A Estácio CEUT possui cursos em diversas áreas, dentre eles, Tecnólogo em Gestão Imobiliária e especialização em Direito Imobiliário. Os interessados podem acessar site portal.estacio.br e conhecer todos os detalhes.

2

Rafaella dezembro 15, 2017 Nenhum Comentário

Corretores participam de palestra sobre Marketing Digital para o Mercado Imobiliário

Corretores de imóveis lotaram o auditório do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI-PI) na última quinta-feira, dia 14, durante a palestra “Marketing Digital para o Mercado Imobiliário”. O professor Pedro Alexandre Cabral, que ministrou a palestra, compartilhou com os profissionais as ferramentas de vendas e os aplicativos que estão disponíveis nas mídias sociais que auxiliam no dia a dia do trabalho dos corretores.

O presidente do CRECI/PI, Nogueira Neto, comentou o sucesso da palestra e a importância de estar preparado para os novos desafios no cenário imobiliário nessa era digital. “Sabemos da importância de estar sempre a frente e atualizado sobre as novidades do setor imobiliário. Os corretores precisam saber utilizar a tecnologia a seu favor para estar mais próximo do público e obter êxito nas negociações. Fiquei muito satisfeito porque o auditório estava lotado e a repercussão foi muito positiva”, declarou o presidente.

O palestrante convidado é mestre em Comunicação, graduado em Administração e analista de negócios da Infoway. Além disso, tem experiência na área de Marketing e Administração de Sistema de Informação. 

3 4 6 7 8

Rafaella dezembro 11, 2017 Nenhum Comentário

CRECI-PI realizará palestra sobre marketing digital para corretores

As mídias sociais são ferramentas cada vez mais utilizadas no meio digital pelos profissionais que desejam se aproximar do seu público e otimizar o seu negócio. Isso pode ser feito por meio do marketing digital, ações de comunicação que mudaram a maneira como as empresas utilizam a tecnologia na promoção de seus negócios.

Pensando nisso, o Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI) realizará a palestra “Marketing Digital para o Mercado Imobiliário”, no dia 14 de dezembro, no auditório do Conselho, às 16h. A palestra será ministrada pelo professor Pedro Alexandre Cabral. Ele é mestre em Comunicação, graduado em Administração e analista de negócios da Infoway. Tem experiência na área de Marketing e Administração de Sistema de Informação.

De acordo com o presidente do CRECI/PI, Nogueira Neto, a palestra servirá para os profissionais se atualizarem sobre as novidades do mundo digital e como eles podem utilizar as mídias digitais a seu favor na hora de fechar negócio e no seu dia a dia.

“Queremos levar conhecimento aos corretores de imóveis para que eles saibam utilizar da melhor forma as ferramentas digitais no seu cotidiano de trabalho. O palestrante é qualificado para tirar todas as dúvidas e ensinar tudo sobre marketing digital no setor imobiliário. Precisamos nos modernizar e estar cada vez mais próximos do nosso público”, declarou o presidente.

 

Rafaella dezembro 11, 2017 Nenhum Comentário

Sete pecados que o corretor de imóveis não deve cometer em seu atendimento

Atuando como corretor de imóveis, algumas vezes nos deixamos trair pelo dia-a-dia e pelos pequenos erros que a rotina de trabalho muitas vezes nos impõe. Compartilhamos aqui sete pecados que todo corretor deve estar atendo para não cometer em seus atendimentos:

1 – Não responder e-mail de solicitação de mais informações;

O corretor começa a perder as oportunidades de venda quando por algum motivo deixa de responder uma solicitação de mais informações sobre determinado imóvel no exato momento em que ela chega. O corretor que responde rapidamente surpreenderá seu cliente que talvez ainda esteja online e possa continuar ali uma conversa para um futuro agendamento. Ao passo que o corretor que não responde com urgência pode perder o mesmo cliente para um concorrente.

2 – Telefone da Imobiliária ocupado ou sem atendimento:

O telefone fixo é um sobrevivente entre as ferramentas de prospecção mais antigas utilizadas pelas imobiliárias. Junto com a placa de ‘vende-se’ é uma excelente forma de contato entre quem busca e quem está intermediando uma negociação. Mas mesmo assim, muitas vezes o cliente encontra o telefone ocupado, sem atendimento ou com uma recepcionista que não consegue falar a respeito do imóvel, o que frustra e faz com que a pessoa vá para o próximo imóvel da sua lista.

3 – Não ter atendimento após as 18 horas e aos sábados

Assim como ter o telefone ocupado é frustrante para quem está procurando um novo lar tanto para compra quanto para locação, não encontrar atendimento disponível para os horários em que ele está livre do trabalho é algo imperdoável. A imobiliária que possui um site e atendimento online, de certa forma está aberta 24 por dia, 7 dias por semana e se trabalhar de maneira alinhada à expectativa dos seus clientes, irá se beneficiar disso.

4 – Manter online imóveis que não estão mais disponíveis

Ter um site não é mais uma novidade no mercado imobiliário, longe disso. É possível com baixo investimento conseguir um site personalizável e funcional para divulgar suas captações. Pena que com esta facilidade muitos profissionais acabam com o mantendo online anúncios desatualizados quanto a preço e disponibilidade o que gera muitas reclamações por parte dos usuários.

5 – Não registrar os dados e informações solicitadas pelo cliente

Outro pecado cometido pelo corretor é quando ele atende seu cliente sem atenção ou sem cuidado suficiente para anotar as informações solicitadas sobre o imóvel pelo qual deverá procurar para esta pessoa. E por não tomar cuidado, acaba se perdendo e oferecendo outras ofertas gerando mais uma vez frustração.

6 – Ser um dificultador ao invés de um facilitador

Facilitar a vida de quem está procurando uma moradia é a principal característica de um bom corretor de imóveis. Quando acontece ao contrário, ou seja, o corretor age como um dificultador do negócio, colocando empecilhos para uma visita por exemplo, ele peca em seu atendimento e age contra si próprio.

7 – Subestimar ou julgar o bom gosto, a inteligência e a capacidade de compra do possível cliente

Ao não se organizar a ponto de colher as informações adequadas, ao dificultar os processos de visita e agendamentos que todo cliente busca e necessita, alguns corretores simplesmente tentam enrolar, empurrar qualquer imóvel julgam o bom gosto e a inteligência do seu possível cliente. Ao agir desta maneira, o corretor está enganando a si próprio e não ao cliente, que irá em silêncio buscar um outro ‘intermediador’ para o seu negócio.

É claro que existem ainda muitos outros pecados e pequenos erros que somados, colaboram para que o corretor crie armadilhas contra si próprio, mas o pior deles, é cometer os erros listados e não modificar a forma como se trabalha.

Baseado na experiência pessoal de Diego Simon, co-fundador do portal VivaReal, que ao buscar um imóvel para morar em São Paulo considerou estes pontos no sentido de apontar melhorias no processo de atendimento de corretores e imobiliárias.

Fonte: Viva Corretor